quarta-feira, 30 de maio de 2007

Rescaldo: A polícia protege-nos, mas quem nos protege da polícia?

Este era um dos vídeos preparados para ser apresentado antes da conversa do passado dia 23, infelizmente o DVD encravou. O vídeo tem imagens da manifestação anti-autoritária do 25 de Abril de 2007 e da carga policial no final da mesma.



Tirámos também algumas fotografias:

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Visão da entrada para o Anfiteatro 1, onde passámos os vídeos (um sobre as manifestações em França contra o CPE, e outro sobre a carga policial na manifestação do 25 de Abril). Montámos também uma pequena exposição fotográfica.


Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

A mesa, composta por Chullage (músico, Associação Cultural Khapaz), Paula Godinho (prof. Antropologia da FCSH/UNL) e Vítor Serrão (prof. História de Arte da FLUL).

A conversa começou com um testemunho dos acontecimentos na manifestação anti-autoritária, seguindo-se de outro testemunho das manifestações contra o CPE em França. Na mesa, a conversa iniciou-se com a Paula Godinho, que desconstruiu a imagem fabricada pelos média depois da carga policial; Vítor Serrão falou da repressão da polícia antes do 25 de Abril de 1974; e o Chullage da violência quotidiana contra os mais marginalizados da sociedade.

Seguiu-se uma hora de discussão com o público.

4 comentários:

Anónimo disse...

Portanto,

Isto que vemos no vídeo não aconteceu, certo?
Ou antes, aconteceu uma "coisa" violenta que os média berraram e repetiram, certo?

A verdade é que, enquanto o pessoal permanecer inactivo estas coisas são passíveis de acontecer.

Obrigado pelo vídeo - Venham mais!

RJA

Anónimo disse...

Precisamos de mais logues, de mais opiniões, de mais acção, de mais diferença, de mais tudo o que possa ser realmente democrático e em oposição absoluta para com este estado de coisas que se está aos poucos e poucos a instalar, esta fantochada a fazer que é democracia.

Acção directa!

RJA

Extraterrestre Revoltado disse...

somos mais do que eles, mas eles têm mais força que nós. o capitalismo é deprimente. força a tod@s

Anónimo disse...

Foi pena é não terem levado mais e deixem-se de uma vez por todas de se fazerem de coitadinhos, pois de vitimas não têm nada, isto, é claro, se contarmos que iam "armados em parvos", com as caras tapadas, o que é ilegal em manifestações caso não saibam, tinham paus e barras de ferro, com certeza pensariam que seriam pastores pacíficos, tinham tintas para arremeçar contra pessoas e lojas, etc, etc,.... Pois é, coitados dos pacifistas, o que é certo é que agora já sabem como é que actua o corpo de intervenção, não se esqueçam que esse pessoal não é a bófia normal! ahahahhahahah No meio desta palhaçada toda só foi pena não terem deixado que a escumalha esquerdista e de drogatitos não tivessem chegado ao vosso supremo objectivo, pois assim tinham uma recepção tão surpreendente, quanto amigável! havia de ser tão lindo, v-los a levar de novo na tromba, enfim, a vossa sorte é que a bófia já sabia disso e ao contrário do que possam pensar, acabou por intervir antes, mas para vos proteger! ehehehehhehe Tchauzinho antifas!